Praga – Castelo de Praga, Jardim Wallenstein e Muro de Lennon

Mais um dia amanhecia nesta linda cidade. Nós bem vimos o sol a nascer mas quando íamos a caminho da cama, por isso não se podia esperar começar o dia cedo. Bem vistas as coisas apesar de nos termos deitado tarde acabámos por nos arranjar praticamente à mesma hora que o dia anterior. Saímos dos apartamentos por volta da 1 da tarde. Hoje, o principal era visitar a Zona do Castelo.

Para o pequeno-almoço comemos algo não muito saudável mas delicioso – os famosos bolos-chaminé que são vendidos praticamente em cada esquina. Eu já os tinha provado em Budapeste e tinha sido uma experiência óptima, por isso estava deserta de voltar a repetir a iguaria. A massa do bolo assemelha-se a de um donut que é enrolada num espeto, onde ganha a forma de chaminé e, é assada na brasa lentamente. Açúcar cobre a superfície da massa caramelizando-a. Pode ser comido simples ou então adicionar as mais deliciosas guloseimas como nutella, chantilly, frutas, gelados, e muito mais. Comprem-nos num sítio que vos servem feitos na hora, acreditem em mim. Acho que as fotografias dizem tudo.

Para irmos para a Zona do Castelo tivemos que voltar a passar a ponte Carlos, da qual vos falei no post anterior. O Castelo de Praga não segue as normas do castelo medieval a que estamos acostumados. Não, o Castelo de Praga é um conjunto de palácios lindíssimos e edifícios ligados por pequeninhas ruas. Este foi construído no século IX e é o maior castelo do mundo. E como tal, de um valor indescritível para a República Checa.

O que se pode visitar neste local?

  • Catedral de São Vito
  • O tesouro da Catedral de São Vito
  • Basílica e Convento de São Jorge
  • Rua/ Beco do Ouro
  • Antigo Palácio Real
  • Palácio de Rosenberg
  • A Galeria de Pinturas do Castelo de Praga
  • A História do Castelo de Praga
  • Torre Grande Sul da Catedral de São Vito

Como podem constatar há muito para ver nesta zona, por isso um dia para visitar tudo não é má ideia. Uma das coisas menos favoráveis desta cidade é que tem que se pagar bilhete para tudo o que se queira visitar.

Vejam mais neste website para vos ajudar com a vossa viagem se forem ao Castelo de Praga: www.hrad.cz/en/prague-castle-for-visitors

Descemos as mesmas escadas que tínhamos subido para o Castelo e antes de irmos para o Jardim Wallenstein parámos no fundo destas para comer e beber qualquer coisa. Eu já andava de olho numa coisa e aproveitei aqui para experimentar – as famosas salsichas de Praga. Na verdade a que eu comi era mais uma linguiça do que propriamente um salsicha, mas já aquilo era bom. Há muitos sítios que as vendem por isso oportunidade não vos há-de faltar. Já eu andava contente a comer aquilo.

Chegámos ao jardim. Fomos recebidos por pavões lindos. Não posso deixar de salientar que apesar de eles andarem soltos, a vida tem que ser respeitada e por isso não se metam com os animais.

O jardim em si foi construído na mesma altura do Palácio pertencendo actualmente ao Senado da República Checa. O jardim é fantástico com fontes, lagos e esculturas. O mais conhecido será talvez a gruta e a parede de estalactites falsas para além do mochos que lá vivem. Quando lá passámos havia uma concerto ao vivo de danças populares – tal evento parece ser normal principalmente nos meses de verão.

Começava a chegar o final da tarde e não nos podíamos atrasar para a nossa reserva no restaurante Mincovna às 7 e meia. Fomos voltando para o centro da cidade parando ainda para ver o Muro de Lennon. Numa ruela escondida encontrámos este muro cheio de grafites, dedicatórias e mensagens. Este muro é hoje um símbolo de amor e paz. A sua primeira pintura foi a face de John Lennon após a sua morte em 1980. Destes tempos pouco se vê mas o significado permanece.

E por aqui ficamos.

Posts seguintes:

Praga – Restaurante Mincovna, Estátua de Franz Kafka e Praga à noite

Praga – Spa de Cerveja, Casa Dançante e o Adeus

Anteriores:

República Checa – Praga

Praga – Conhecer a cidade

Praga – Malá Strana, Comida Tradicional e Ice Bar

5 thoughts on “Praga – Castelo de Praga, Jardim Wallenstein e Muro de Lennon

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s