Lake District – De Coniston para Keswick

4º dia desta viagem pelo Lake District. Os planos de hoje era de sairmos da área de Coniston e irmos parando pela parte oeste até à vila de Keswick e à nossa final acomodação – The Lodge in the Vale. Este para mim foi um dos melhores dias de toda a viagem e isso deveu-se ao dia solarengo e ao céu azul sem nuvens que finalmente tivemos, depois de vários dias de chuva, nevoeiro e frio. Saímos bem de manhãzinha do Bluebird Lodge depois de mais um pequeno-almoço delicioso. Como podem ver na fotografia abaixo a vista do alojamento era de tirar a respiração.

Fomos primeiro em direção a Hardknott Roman Fort, um ponto arqueológico do Lake District onde se encontram as ruínas de um forte romano construído entre o ano de 120 e 138. Durante esta parte do percurso que fomos parando pela caminho para apreciar devidamente a paisagem.

Depois de uma paragem rápida no forte, fomos em direção ao lago Crummock Water. Também aqui neste lago é possível aproveitar para fazer Kayak ou canoa. No entanto, nós viemos a esta zona para visitarmos a cascata (Scale Force Waterfall) que só agora me apercebi que não a visitámos mas foi porque ficámos maravilhados/distraídos pela zona circundante onde estacionámos o carro – a junção do lago com o verde dos montes e o riacho que descia livremente era uma vista impressionante da natureza.

Os planos em seguida foram alterados dos que tínhamos combinado inicialmente. A nossa ideia era ir passear à volta do lago Bassenthwaite, avaliar o quanto era alta a montanha Skidaw e depois no final da tarde passear no lago de Derwentwater. Contudo, quando chegámos à zona de Bassenthwaite não encontrámos estacionamento perto do lago e acabámos por irmos estacionar numa zona isolada que supostamente nos levaria a Skidaw. Por acaso do ponto de onde estacionámos o carro havia um caminho que seguia em volta das montanhas e nos levaria até Skidaw. Como nós somos mesmo inteligentes pensámos em fazer corta-mato pela montanha acima e andámos para lá a subir de gatas. Conclusão – chegámos ao cimo do primeiro monte muito mais cansados, demorámos muito mais tempo e desistimos logo da ideia de subir até Skidaw. No entanto, do ponto até onde subimos tinha-se uma boa vista sobre o logo e as montanhas à volta. O que mais impressionava era o silêncio absoluto que nos rodeava – o completo silêncio que nunca existe nas cidades.

Quando descemos já foi pelo trilho e vimos o quanto nos tínhamos cansado desnecessariamente no nosso corta-mato. Uma das coisas que existe em todo o lado no Lake District e que ainda não vos falei são ovelhas. Há ovelhas em todo o lado. TODO O LADO! É impossível alguém explorar o Lake District sem ter uns quantos encontros com ovelhas. Mesmo a conduzir é preciso ter cuidado para não passar por cima de uma ovelha – que elas andam no meio da estrada – ou melhor para elas não vos partir o carro.

Com esta aventura de subir montanhas acabámos por decidir deixar o lago de Derwentwater para o dia seguinte, até porque já se fazia tarde para fazermos o check-in. No dia seguinte bem nos arrependemos de não termos ido até a Derwentwater – especificamente a um local chamado de Surprise View (Paisagem Surpresa) – pois como é de esperar em Inglaterra o sol não se mantém por muito tempo e no dia seguinte já voltava de novo a chuva.

Surprise view in Derwentwater

Posts seguintes:

Dia 5 – Keswick

Dia 6 – Ullswater

Posts anteriores

Lake District (Inglaterra)

Dia 1: Coniston

Dia 2: Rydal, Ambleside & Windermere

Dia 3 – Scafell Pike

6 thoughts on “Lake District – De Coniston para Keswick

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s