Noruega

O nosso destino escolhido para a lua-de-mel foi um bocadinho diferente da do normal. As pessoas costumam ir parar a sítios quentes de água cristalina como as Maldivas. Nós, sendo diferentes, ou seja não gostamos nem de calor nem de passar muito tempo deitados na praia sem fazer nada escolhemos algo que marcasse a nossa lua-de-mel como uma viagem fora do normal sem deixar de ser, claro, especial para nós. Primeiro pensámos no Japão que é um destino que queremos muito ir. Mas durante a nossa pesquisa encontrámos algo que nos chamou a atenção: um cruzeiro de 12 noites à volta da Noruega. O nome do cruzeiro era mais que sugestivo: Search for the Northern Lights (À procura da Aurora borealis ou Luzes do Norte). Nós já tínhamos presenciado a este fenómeno natural magnífico na Islândia e achámos que vê-lo de novo realmente tornaria a nossa lua-de-mel original e mágica.

Foi exactamente este cruzeiro que acabámos por escolher como já se devem ter apercebido. Marcámos o cruzeiro com alguma antecedência e sim, ficou caro, mas sobre o cruzeiro farei um post à parte para vos explicar melhor tudo o que fizemos, pagámos e vimos. Só vos digo que sempre ouvi dizer que fazer um cruzeiro era para velhos e sim, a maioria deveria ter mais que 50 anos mas nós adorámos a experiência. E queremos repetir no futuro (apenas temos que juntar uns dinheiritos primeiro).

Durante o cruzeiro paramos em várias cidades, por ordem cronológica: Ålesund , Tromsø , Alta e Stavanger. Fizemos varias excursões que marcámos através do Website do cruzeiro, o Princess Cruises.

Acabei agora de chegar desta aventura que durou duas semanas e cheguei às seguintes conclusões:

  • A Noruega é um país lindíssimo, muitas vezes julguei que estava a olhar para a pintura de um quadro. Vale mesmo a pena visitar, nunca se fica desiludido onde quer que se vá.
  • O dinheiro que se gasta num cruzeiro vale a pena quando se viaja para um país caro como a Noruega, visto que se tem todas as refeições, alojamento e entretenimento estão incluídos no preço. Mas sim, é preciso fazer umas poupanças primeiro.
  • Vimos a Aurora borealis em Alta e este foi um dos pontos altos da viagem. Se quiserem fazer, seja visitar a Noruega num cruzeiro ou conduzindo por dentro do país, preparem-se porque está mesmo muito frio. Como exemplo: nós fomos no final de Outubro e na noite que vimos a Aurora borealis estavam -9ºC. Mas também quem se encontra a norte do Círculo Polar Árctico não pode esperar outra coisa. Ah, já posso dizer que toquei no mar árctico.
  • Um cruzeiro vale a pena quando se visita países que “não têm muito para ver”. Passo a explicar melhor – Nós visitámos a Noruega pela natureza e claro pela oportunidade de ver a Aurora borealis, pois a Noruega e, principalmente as cidades por onde passámos, não têm quase nenhuns museus ou igrejas para visitar. Eu pessoalmente acho que o tempo que o barco está atracado em cada cidade, às vezes chega às 8 da manhã e sai às 6 da tarde não é suficiente para visitar por exemplo cidades de Itália ou de Espanha, porque simplesmente não há tempo. Nestes tipos de destinos continuo a preferir viajar da forma mais “normal” em que és tu que geres o tempo.
  • Adorei a nossa lua-de-mel, tivemos um pouco de tudo, descanso, passear, jantares em restaurantes fabulosos, concertos, saunas, entre muito mais. Não me arrependo nem um minuto da nossa escolha. Só queria puder repetir tudo outra vez.

Proximos posts:

Ålesund, uma cidade de encantar

Tromsø, uma cidade acima do círculo polar árctico

Alta, a cidade da Aurora Borealis

Stavanger, Capital do Petróleo

Sapphire Princess Cruise – Um cruzeiro a procura da Aurora Borealis

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s