Sapphire Princess Cruise – Um cruzeiro à procura das Luzes do Norte

Eu sempre ouvi dizer que um cruzeiro é para idosos. Sempre ouvi dizer que um cruzeiro é demasiado caro. Tantas opiniões que ouvimos dizer durante o nosso dia-a-dia mas não sabemos se elas são verdadeiras até as experimentarmos. Por isso o melhor lema de vida é viver de tudo um pouco.

Existem muitas companhias de cruzeiros, de certeza umas melhores que outras, mas não é sobre isso que me vou debruçar. Afinal este foi o nosso primeiro cruzeiro. Se me perguntarem porque escolhemos a Princess Cruises em particular a resposta é somente uma: Porque era a única companhia que tinha um cruzeiro chamado “À procura da Aurora borealis” ou o nome original “Search for the Northern Lights” durante o mes de Outubro. Outras companhias fazem um trajecto semelhante em Janeiro e Fevereiro, mas para alem de estar horrivelmente frio e mau tempo, o que faz com que a probabilidade de ser cancelado seje maior, tambem nessa altura as horas de sol sao muito poucas (ou inexistentes) o que faz com que no fundo se veja muito pouco da Noruega (apesar de mais probabilidades de ver a Aurora Boreal). No nosso cruzeiro tudo foi maravilhoso, muito acima das nossas expectativas que não eram poucas. O staff era simpático e prestável, a comida deliciosa e disponível 24 horas, o entretenimento variado. Duas semanas de sonho.

Agora um pouco da nossa experiência dentro do barco separando-a em diferentes categorias: Acomodações, Comida, Entretenimento e Preços.


AcomodaçõesDiferentes tipos de quartos

Como já vos disse num dos posts anteriores, este cruzeiro foi a concretização da nossa lua-de-mel e como tal decidimos marcar uma mini-suite, para nos mimar um bocadinho. Estávamos indecisos entre o Balcony e a Mini-suite mas acabámos por escolher a última opção. Claro que quanto maior é o espaço do quarto mais caro é este. Existem os mais baratos sem a varanda como os “Interior” e os “Oceanview”. Tal como o nome indica os quartos “Interior” não têm janela e são os mais pequenos e por isso os mais baratos. Os quartos “Oceanview” têm uma pequena janela. Depois temos o Balcony, a Mini-suite e a Suite. Acho que o Balcony é a escolha mais adequada, não é a opção mais cara mas ainda se tem uma varanda, o que nós adorámos do nosso quarto.

Na noite que vimos a Aurora borealis estava tanto frio que tendo a varanda foi a melhor maneira de conseguirmos “vê-la” durante a noite toda, entravámos para o quarto para nos aquecer por uns minutos e voltávamos depois para a varanda para apreciar o espectáculo. O nosso quarto era espaçoso, limpo – na verdade iam duas vezes ao quarto durante o dia limpá-lo, fazer a cama e no final do dia tínhamos sempre um chocolatinho para cada um. O quarto localizava-se numa parte calma, sem barulho e tudo sempre a nosso gosto.


Comida

Quando reservámos o cruzeiro marcámos o “Anytime Dining“. Este pacote permite jantar em 3 diferentes restaurantes, apesar do menu ser igual entre eles mas diferente todos os dias, desde as 5 e meia até as 9 e meia. Houve dias em que fomos jantar nas horas mais movimentadas e tivemos que esperar por mesa mas nunca foi mais que 10 minutos. Também tínhamos acesso ao buffett que se encontrava aberto desde as 5 e meia da manhã até às 10 e meia da noite, onde a maior parte das vezes almoçámos e tomámos o pequeno-almoço. Havia também um café que estava aberto 24 horas. Incluído tínhamos serviço de quarto 24 horas, mas nunca o usámos. Pessoalmente preferi a comida dos restaurantes ao do buffet, mas por vezes soube-nos bem estar num ambiente mais informal, já que para ir aos restaurantes requer um certo cuidado na roupa que se veste.

Duas das nossas 12 noites o “dress code” era formal, em que os homens deviam usar smoking e as mulheres um vestido cocktail ou de gala. Adorámos termo-nos de nos arranjar a rigor para jantar. A primeira dessas noites foi as boas-vindas dadas pelo capitão onde havia a famosa torre/fonte de champanhe.


Entretenimento

O entretenimento é variadíssimo e tenho a certeza que me esquecerei de mencionar uma grande parte das actividades oferecidas. Todos os dias havia espectáculos diferentes e a decorrer em diferentes sítios.

  • “Movie Under the Stars” – um enorme ecrã de televisão na parte exterior do barco, na zona das piscinas e dos jacuzzis. Passavam 3 filmes todos os dias, de manhã, à tarde e à noite, sempre diferentes. É simplesmente maravilhoso podermos estar dentro de água quente (especialmente quando estava tanto frio “na rua”) a ver um filme. Eu pessoalmente adorei.
  • Apercebemos-nos rapidamente que era no Princess Theatre onde decorriam os espectáculos mais importantes. Sim perceberam bem, também existe uma sala de teatro dentro do barco. Por aqui passaram vários artistas e tivemos oportunidade de assistir a musicais, espectáculos de comédia e vários concertos.
  • Existem vários “Lounges“, espaços onde decorriam outros espectáculos diferentes do que decorria no teatro e onde nos podíamos sentar e relaxar.
  • Skywalkers nightclub é uma discoteca que estava quase sempre às moscas mas mesmo assim passámos aqui vários serões a beber cocktails depois dos espectáculos terem acabado.
  • Existe muito mais a acontecer todos os dias e durante todo o dia como aulas de dança, leilões de arte, o casino, a galeria de arte, é apenas escolher. E sim tudo isto está incluído no preço da reserva (bem no casino e na galeria de arte é apenas gratuita a passagem por lá). Todos os dias recebíamos num quarto uma revista para o próximo dia onde se encontrava toda a informação relevante como os eventos que aconteceriam, o horário dos restaurantes, o dress code do dia e um resumo da cidade se fôssemos atracar.

Preços

Aqui é que dói. Isto até agora foi tudo muito bonito, tudo fantástico mas não se enganem, pesa na carteira.

Reserva

Vocês têm que se lembrar que nós escolhemos a Mini-Suite apenas porque foi a nossa lua-de-mel e que há opções mais baratas. Pela Mini-Suite pagamos $3000 cada um. Sim eu sei, mas são 12 noites com todas as refeições incluídas. Acho que, por exemplo, os quartos mais baratos (Interior) ficavam cerca de $1000 mais baratos. Não se esqueçam a companhia é americana por isso as contas vêm em dólares americanos.

Tivemos que pagar $1000 de reserva pelos dois e depois o resto quando faltavam 3 meses para o cruzeiro. Diferentes destinos e durações têm preços diferentes.

Seguro de Viagem

Nunca tínhamos feito um seguro de viagem mas com a Princess Cruises é obrigatório ter. E ainda bem que o fizemos visto que um de nós ficou doente e acreditem ou não uma simples gripe custou-nos $500. Sim $500, por isso um seguro de viagem para o cruzeiro não é um mau investimento, acreditem.

Excursões

Não sei e nem procurei se as excursões ficam mais caras ou mais baratas marcando através da empresa do cruzeiro ou não. Talvez sim, talvez não. Mas se por alguma razão a excursão for cancelada é muito mais fácil reaver o dinheiro ou então escolher uma outra para aquele dia (o que nos aconteceu em Ålesund). E mesmo que a excursão se atrase por qualquer motivo não perdem o barco pois ele não parte sem vós. Sim, algumas pessoas podem discordar e acho que devem procurar excursões independentes e comparar preços. No entanto, a forma como fizemos deu-nos uma maior segurança principalmente porque este era o nosso primeiro cruzeiro e não queríamos chatices nem stress. Não marcámos excursões para todos os dias, porque sabíamos que íamos ficar pela cidade e que teríamos maneira de organizar o nosso tempo.

As excursões no total ficaram a cerca de $700 a cada um, mas porque uma delas foi quase metade desse preço (a que fizemos em Tromsø), mas existem várias opções cujo preço não chega a $100 e que também devem valer a pena.

Dentro do Barco

  • Aqui é que dói um bocado principalmente depois de vos falar no que se gastou na reserva e nas excursões. Como gorjetas é algo comum na América todos os dias cerca de $15 era tirado da conta por cada pessoa (não por quarto), para gorjetas que seriam distribuídas pelo staff.
  • Cada vez que pedem bebidas alcoólicas têm duas opções – como nós que bebemos 1 bebida quase todos os dias, mas não se esqueçam que 18% do valor é acrescentado (uma tarifa que levam por vender álcool) de cada vez que pedem uma bebida o que faz com que fique a cerca de $20 todas as vezes que pedem algo. A segunda opção é o pacote de bebidas alcoólicas ilimitadas em que pagam $59.99 todos os dias mais os 18%, o que no nosso cruzeiro ficaria a cerca a mais $700 por pessoa e podem beber o quanto quiserem todo o dia. Como isto era muito dinheiro ainda perguntámos se não podíamos ter esse pacote só por um dia ou assim, para um dia especial, mas não. O pacote só é feito para a duração do cruzeiro.
  • O médico já vos disse acima. O melhor é mesmo irem com uma farmácia atrás e seguro de viagem.
  • Spa (não incluindo os jacuzzis), lojas de perfumes, joalharias, casino – tudo tem um valor se quiserem aproveitar estes serviços ou fazerem compras.
  • Uma última dica: levem um adaptador para as tomadas do tipo americanas. Nós não tínhamos e comprámos um já no cruzeiro que nos ficou a $40. Pois!

2 thoughts on “Sapphire Princess Cruise – Um cruzeiro à procura das Luzes do Norte

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s