Dia 6: De Grábók to Reykjavík

Finalmente chegámos ao último dia da nossa grande aventura. Não vos vou falar do dia seguinte, porque ninguém quer saber de apanhar aviões para casa. Quem é que acha isso interessante?

Para hoje, o nosso destino final seria chegar a Reykjavík. Hoje a distância já não era muita e decidimos por isso, aproveitar para irmos a um tour a um tubo de lava, que ficava a meio caminho. A empresa pela qual tínhamos já marcado os bilhetes chama-se “The Cave” e a gruta/tubo de lava chama-se Viõgelmir.  Podem ver no site da empresa https://www.thecave.is/ que eles também fazem excursões a grutas dentro do glaciar (mas para muita pena minha não conseguimos incluir isto na nossa viagem). Tínhamos portanto a excursão marcada para as 13:00 horas e esperava-nos 1 hora e meia de caminho até à gruta. E assim tínhamos o resto da tarde para chegar a Reykjavík. Que mais aventuras malucas já estávamos nós fartos. Eu como sou um pouco claustrofóbica não estava exactamente entusiasmada por me enfiar no meio do chão, não era medo era vá, receio (mas não ia dar parte fraca! Disse que ia e fui mesmo! digo eu agora sentada no sofá na segurança da minha casa).

Fomos então lá na excursão que não foi tão má como eu esperava. O nosso guia era geólogo ou disse que era, e lá nos foi explicando o magma, a lava, o que acontece depois da câmara magmática ficar vazia e, por fim, mostrou-nos vários tipos de rochas magmáticas. Confesso que foi bastante interessante, por isso se passarem nesta zona, recomendo fazerem umas das tours.

Por fim, seguimos caminho para Reykjavík. Já agora uma foto de basicamente 98% dos seres vivos que se vê por lá.

_DSC0368

Para chegar à capital tem-se que se passar por um túnel que vai debaixo de água e é o único sítio do país onde se tem que pagar portagem. Como chegámos por volta das 17:00 perto de Reykjavík o que é que decidimos? Como vos disse nós ou somos muito parvos ou muito teimosos. Decidimos não ir já para Reyjavík mas para Golden Circle para vermos o que tínhamos perdido no segundo dia devido à tempestade de neve. Então depois de mais uma hora de caminho chegámos a Geysir. Aqui finalmente tivemos sorte. Vimos muito pessoal especado a olhar, a olhar. Estava tudo a espera do géiser e eu a ver que íamos lá estar meia hora a rapar frio à espera daquilo. Mas vá lá, mal parámos, o géiser emitiu aquele grande jacto de vapor. E, pronto assim, estava feito. Podíamos seguir viagem. (Na verdade estou a exagerar, o géiser emite de 8 em 8 minutos, por isso a espera não é grande)

_DSC0468
_DSC0470

Como foi assim tão rápido no Geysir, decidimos ir a Gulfoss que é a cascata de água mais conhecida na Islândia (devido à proximidade com Reykjavík).

_DSC0474

Como já estava a ficar tarde e não queríamos conduzir de noite, até porque as estradas já estavam a ficar com gelo, não nos demorámos lá. Olhámos, tirámos uma fotos e vá de partir para Reykjavík. Fizemos o check-in no mesmo sítio da primeira noite, na Alba Guesthouse. Depois, famintos fomos à procura de comida, infelizmente o centro comercial (a nossa ideia inicial) já estava fechado. E já de mau humor e cansados fomos ao Domino’s. Só sei que pedimos 3 pizzas médias e pão com queijo. E era ver-nos a comer no carro que nem mendigos.

Ficámos com pena de não termos ficado a conhecer bem a capital. Mas para não perdermos a oportunidade de conhecer um pouco a noite em Reykjavík, acabámos por ir a um bar, Micro Bar, que era o sítio mais conhecido por ter uma maior variedade de cerveja. Bebemos uma cerveja (sinceramente já não me lembro de nome) e assim acabou a nossa grande viagem à Islândia.

20170228_225709

Espero que tenham oportunidade de fazer uma viagem semelhante, mas conselhos:

Muita roupa quente, aluguem um jeep em vez de um carro, tentem ver o máximo de vezes a Aurora boreal, se foram ao blue lagoon marquem para quando já ficar de noite (em águas termais a ver a Aurora Boreal deve ser uma experiência fantástica), instalem nos telemóveis as aplicações que vos falei no primeiro post sobre a nossa viagem à Islândia e divirtam-se!


A Foto da nossa viagem

Nós em Viõgelmir

Mais post sobre esta viagem:

Dia 1 – De UK para Reykjavík

Dia 2 – De Reykjavík para Vík

Dia 3 – De Vík para Lake Mývatn

Dia 4 – Em Dimmuborgir

Dia 5 – De Lake Mývatn to Grábók

Islândia

One thought on “Dia 6: De Grábók to Reykjavík

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s