Bruxelas – 4º Dia

E assim chegámos ao nosso último dia. Foi uma fim-de-semana cansativo mas valeu a pena. E hoje também aprendemos que o nosso corpo não está nos 20’s mas sim nos 30’s e que já não lidamos com o álcool muito bem. Depois da noite passada eu acordei com uma ressaca daquelas lixadas. Dor de cabeça, sede e vontade de vomitar. Huuummmm, que maravilha! Como a vontade de vomitar piorou, lá vou eu a correr para a casa de banho e vá de meter os dedos à boca. Já que é isso que o corpo quer, é isso que lhe dou. Depois deste episódio fiquei bem. Tomei banho e ala para o pequeno-almoço. O meu namorado foi mais do género:

“Epá estou muito cansado não vou ao pequeno-almoço”.

Chego do pequeno-almoço está ele a tomar banho e a dizer “Ai eu não estou nada de ressaca”.

Sai da casa-de-banho “Epá estou-me a sentir enjoado.”

E esteve com vontade de vomitar o dia todo.

Como eu não queria perder as últimas horas, visto que tínhamos comboio às 5 da tarde, fomos dar uma volta a ver se o frio lhe fazia bem. Acabámos por ir ver a estátua da Jeanneke Pis (versão feminina do Manneken-Pis, fotogtafia à direita em baixo). Fomos depois ver uma igreja que tínhamos reparado quando ontem tínhamos ido jantar ao Grimbergen café. Ficámos a saber que se chama Igreja de Sainte-Catherine. Demos por ali uma voltinha rápida e como eu já tinha enfiado na cabeça que queria ver a basílica fomos até à basílica Sacré-Coeur.

O meu namorado apesar de estar com mais vontade de vomitar do que de andar, disse para irmos porque sabia que eu queria ver a basílica. Mas sim, ainda foi uma horita a andar. Mas lá acabámos por chegar. Confesso que fiquei um bocado desiludida, depois das igrejas que tínhamos visto pensei que a basílica seria uma coisa impressionante e, de facto é, mas  por fora, por dentro é grande sim senhora mas não é nada comparável ao que tínhamos já visto em Bruxelas.

E com isto já estávamos um bocado atrasados. Já eram 14:30 e daí uma hora era para estar no hotel para ir buscar as malas. Ainda tentámos ir de metro, mas nós feito anjinhos não percebemos um chavo da rede de metro e então é que foi dar à perna. Já nem havia enjoo nem havia nada. Vejam lá que até acabámos por chegar mais cedo ao centro de Bruxelas. Com tanto exercício precisávamos de petiscar e fomos mais uma vez ao Fritland comer umas daquelas óptimas batatas fritas. Hum, só de lembrar já estou a salivar. Fomos também às waffles, porque eu queria experimentar uma waffle daquelas que se vendiam por toda a parte em Bruxelas, mas um conselho vão antes à Maison Dandoy. A waffle que comi não valia nada, acabei mesmo por deitar um resto fora.

E assim, de estômago cheio (e com o meu namorado a dizer que já estava enjoado outra vez) lá fomos buscar as malas ao hotel e seguir para a estação de comboio. Acabou  então esta nossa visita atribulada a Bruxelas.

Até à próxima!


A foto da nossa viagem

Nós no Parlamento Europeu

Dia 1 – Sexta-feira

Dia 2- 1ª metade de Sábado

Dia 2- 2ª metade de Sábado

Dia 3- Domingo

Bélgica – Bruxelas

One thought on “Bruxelas – 4º Dia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s