Dia 3 – De Vík para Lake Mývatn

Como vos disse, chegámos ontem a noite já completamente escuro e nem nos tínhamos dado conta do que se encontrava a nossa volta. Acordar mesmo ao lado das montanhas, não há mau humor que aguente.

_DSC0094

Mas também não tivemos muito tempo para contemplações, pois este era o dia em que estava planeado fazermos mais quilómetros e, digo-vos que foi extenuante. Quando no início vos comecei a falar sobre a Islândia disse-vos para tirarem mais uns dias e fazerem mais paragens, era principalmente neste percurso que estava a falar. Pelo menos, fazerem este percurso em 2 dias em vez de só um.  Fizemos cerca de 600 quilómetros só neste dia, fomos do sul, passámos toda a costa este e depois um bocado do norte, para a zona interior. As estradas não são as melhores e acabámos por chegar por volta das 22h ao local onde íamos dormir e, estávamos de rastos. Mas não me vou apressar, vamos começar pela manhã.

Depois de um bom pequeno-almoço, fomos ver Dyrhólaey , uma encosta que foi palco das gravações de Game of Thrones (Guerra dos Tronos).

20170225_101306
Vík

Em direcção a Myrdalssandur que é um campo de lava, passámos por Vík, uma pequenina mas pitoresca cidade do sul.

Em seguida passámos por Kirkjugolf que é supostamente um chão de hexagonais, mas para além de não vermos nada por causa da neve, a estrada encontrava-se horrivelmente em mau estado e perdemos mais de meia hora só para sair dela. Seguimos então para Jokulsárión onde acabámos por  almoçar. Jokulsárión é um lago de gelo em que a água é de um azul muito profundo. Muito bonito mesmo.

E, com isto tudo eram 14h e meia e já estávamos atrasados de acordo com os nossos planos. Como digo foi extenuante, foram horas e horas de viagem, não digo que não é bonito por que é. As fotos que temos é algo digno de quadros, mas se tivéssemos parado a meio, teríamos dado mais atenção à paisagem do que propriamente às horas que passavam e aos quilómetros que ainda nos restavam fazer. Mas, sim a Islândia é um país de cortar a respiração.

Quando chegámos a DIMMUBORGIR GUESTHOUSE, no lago mývatn, estávamos estafados e com os nervos em franja pois na última parte da viagem a estrada estava cheia de gelo e o carro estava sempre a fugir, para além que estávamos com fome. Mas quando saímos do carro, ambos abrimos a boca, todo o céu se tingia de verde. Era mais uma vez, a Aurora Boreal a mostrar-nos o seu esplendor. E naquele momento, todas as preocupações simplesmente se desvaneceram.

Dia 4: Em Dimmuborgir

Mais posts sobre esta viagem:

Dia 1 – De UK para Reykjavík

Dia 2 – De Reykjavík para Vík

Dia 5 – De Lake Mývatn to Grábók

Dia 6 – De Grábók to Reykjavík

Islândia

One thought on “Dia 3 – De Vík para Lake Mývatn

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s